• NIT
  • Objetivos
  • Publico Alvo
  • Ag. Tecpar Inovação
  • UTFPR
  • Unicentro
  • UEPG
  • UFPR
  • UEM
  • UEL
  • IBMP
  • PUC
  • ICC
  • LACTEC
  • FIEP
  • UNIOESTE
  • IAPAR

COMITÊ DO SMART ENERGY PARANÁ APRESENTA AÇÕES PARA 2018

 fonte: TECPAR

O comitê gestor do programa Smart Energy Paraná se reuniu com o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, para apresentar as ações realizadas neste ano e os projetos que serão desenvolvidos em 2018. Diretores do Tecpar e a equipe do programa estiveram na reunião.

Entre as principais realizações apresentadas na reunião desta quinta-feira (30) estão a implementação do portal da Smart Energy, a produção de revistas para divulgar inovações da área de produção de energia e realização de eventos.

Para 2018 existe a proposta para desenvolver um modelo de casa sustentável e um Anuário de Energias Renováveis. O diretor-presidente do Tecpar, Júlio C. Felix, quer transformar o Smart Energy em referência no assunto de geração de energia inteligente. “É necessário democratizar o acesso a informação sobre energias renováveis, e esse é o objetivo do nosso portal de informações, da revista e do anuário que vamos fazer em 2018”.

Uma das ações desenvolvidas pelo programa é a geração de energia própria, realizada por meio de painéis solares, gerador de energia eólica e uma estação solarimétrica, dentro do Tecpar. “O programa vem consolidando a competência do Paraná em geração distribuída por fontes de energias renováveis conectadas a redes inteligentes”, ressaltou o secretário.

João Carlos destacou a importância do projeto para que o Paraná se torne um estado mais sustentável. “São iniciativas do gênero que contribuem para o futuro do estado. Precisamos investir na geração de energia limpa e renovável. Esse tipo de projeto tem impacto mundial e é o futuro do desenvolvimento. São investimentos do tipo que fazem com que o Paraná possa se torna referência para o mundo”.

O portal eletrônico possui cadastros de 650 empresas do setor de energia renovável, totalizando 1045 prestadores de geração/transmissão/distribuição da energia renovável, bem como que fornecem algum serviço a toda cadeia. Dentre as empresas cadastradas, 65% são de geração fotovoltaica. No Paraná a predominância também é desse setor (26%).

O Projeto Smart Energy Paraná recebeu 40 propostas para o desenvolvimento de diferentes ações para a utilização de energias renováveis, 10 foram selecionados com potencial para incubação na Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec).

Outra ação do programa foi o desenvolvimento de um mapa de energias inteligentes que apresenta um detalhamento da geração de energia elétrica no Paraná oriunda de fontes hídrica, fotovoltaica, eólica e térmica, bem como suas linhas de transmissão.

Smart Energy Paraná

O Tecpar é responsável pela secretaria executiva do programa Smart Energy Paraná, que mobiliza as competências que o Estado e a sociedade já têm e busca por novas competências para desenvolver o setor energético do ponto de vista econômico, ambiental e social no Paraná.

No Smart Energy Paraná, o Tecpar homologa as diferentes tecnologias já testadas e disponíveis no mercado, para apresenta-las à sociedade. A geração de dados e a capacitação de mão de obra local nesta área podem atrair investimentos para o Paraná.

Saiba mais sobre o programa Smart Energy Paraná pelo site smartenergy.org.br/portal.

Presença

Também participaram da reunião o diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Tecpar, Reginaldo Joaquim de Souza; a equipe do Smart Energy Paraná no Tecpar, Wellington Vechiatto, Diego Cesar de Alcântara, Leonardo Carlesso e Vilmar Faria Silva; o diretor-superintendente da Rede Paranaense de Metrologia e Ensaios (Paraná Metrologia), Celso Romero Kloss; o coordenador de Ciência e Tecnologia da Seti, Evandro Razzoto; representando a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Dierone César Foltran Júnior; a Itaipu Binacional, Guilherme Amintas; a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Gustavo Rafael Collere Possetti; a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Luiz Carlos Ferracin; os Institutos Lactec, Tainá Zanchet; e a Universidade Estadual de Londrina (UEL), Dari de Oliveira Toginho Filho.

 

Idiomas / Language

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Busca