• NIT
  • Objetivos
  • Publico Alvo
  • Ag. Tecpar Inovação
  • UTFPR
  • Unicentro
  • UEPG
  • UFPR
  • UEM
  • UEL
  • IBMP
  • PUC
  • ICC
  • LACTEC
  • FIEP
  • UNIOESTE
  • IAPAR

NIT CERTIFICA PROJETOS E RECONHECE EMPRESAS PARCEIRAS

 

Núcleo de Inovações Tecnológicas (NIT) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) realizou uma “Certificação de Propriedade Intelectual” aos autores de depósitos de patentes e registros de software efetuados na Instituição no ano de 2017, e uma “Menção Honrosa” pela contribuição à inovação no Oeste do Paraná que as empresas parceiras, sendo: Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec); de Inovação e Transparência de Tecnologia do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar); Iguaçu Valley; Receita Federal e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

 

Realizado nesta quarta-feira (06), na Associação Comercial e Industrial de Cascavel (ACIC), o evento teve como principal objetivo apresentar para a sociedade as tecnologias desenvolvidas dentro da Universidade, a fim de prospectar a inovação e a transferência de tecnologia, além do reconhecimento do papel de instituições que fomentam a área de inovação na região Oeste do Paraná. Compuseram a mesa de honra o diretor geral do NIT, professor Reginaldo Ferreira Santos, o diretor do campus de Cascavel, Alexandre Webber, o prefeito de Cascavel Leonaldo Paranhos, o diretor de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), professor Ralpho Rinaldo dos Reis, e o representante da ACIC LABIS, Mateus Lazzari Nicola.

Para o diretor do NIT, professor Reginaldo Santos, a certificação buscou valorizar os pesquisadores, pois sempre fazem mais do que o esperado, tanto para a Instituição quanto para a sociedade. “Como Universidade devemos buscar reconhecer os trabalhos dos nossos alunos e professores que, mediante dedicação em estudos, projetos e pesquisas, acabam alcançando o mercado industrial. Nós gostaríamos que essas invenções não fiquem apenas no papel e nas prateleiras das instituições, nosso desejo é que elas alcancem outras universidade e empresas, pois como costumo disser: as universidades possuem grande facilidade em produzir e as empresas em comercializar, tornando público nossas inovações e invenções que podem contribuir para a comunidade”.

O diretor do campus de Cascavel, Alexandre Webber, esteve presente representando o reitor Paulo Sérgio Wolff, e na ocasião agradeceu a todos os envolvidos que fizeram o evento acontecer e aqueles que estavam prestigiando o importante momento. “É uma grande satisfação poder ver o quanto a nossa Unioeste cresceu em tão pouco tempo, e só tenho a agradecer ao professor Reginaldo que sempre é muito dedicado e aceita os desafios do NIT que são propostos para melhoria de todos, e também ao professor Camilo que se faz presente em tantos projetos”, agradeceu o diretor.

Além disso, Webber explicou que a Universidade sempre mostra desejo em realizar parcerias com grandes empresas do Oeste do Paraná, e por mais que tenhamos dificuldades, em todas as avaliações, a Unioeste está classificada entre as melhores do Brasil. “A Unioeste sendo pública não deve mostrar aversão ao setor privado, mas pelo contrário a universidade pública é custeada pelo Governo e investe em parcerias a fim de melhorar a qualidade de vida da sociedade, e essa melhoria com certeza depende de parcerias e dessa relação com as empresas. E isso nos orgulha muito, nos orgulha saber que a cada dia avançamos mais e mais, que a Unioeste com o quadro de excelentes professores e alunos está disposta para realizar essas ações. Parcerias evoluem nossa cidade e nosso País, precisamos fazer com que o Brasil comece a exportar tecnologia para fora, mas para isso acontecer todos devem auxiliar e elaborar corporações necessárias”, enfatiza Alexandre Webber.

Já para o professor Ralpho Rinaldo, é com grande alegria que representa a PRPPG nesse evento, pois a Unioeste irá fazer 20 anos da criação do seu primeiro curso de pós-graduação no mestrado em Engenharia Agrícola. “Com isso, a Unioeste deve passar por uma nova fase, pois teve a criação dos cursos, a consolidação dos cursos, e agora a criação de patentes que geram transferência de tecnologia e conhecimentos elaborados na Universidade para a sociedade. Isso é extremamente importante, porque assim iremos movimentar a economia e o crescimento da região”, afirma Ralpho.

O prefeito Leonaldo Paranhos, de igual modo, marcou presença e disse que estava alegre em participar da solenidade, agradecendo pela presença de todos.Leonaldo salientou que não é fácil governar uma cidade de grande porte como Cascavel e com demandas muito diferentes. “Eu sempre falo que quando venho na ACIC com os empresários para discutir ações que buscam a melhoria de Cascavel todos os setores querem agilidade, e é aí que entra o reconhecimento. Precisamos reconhecer que quem gera a receita para as políticas públicas de quem precisa e depende são os empresários. Por esse motivo, é de grande valia que as universidades busquem parcerias com as empresas de Cascavel e região a fim de levantar ações que gerem desenvolvimento e crescimento para todos”, destacou o prefeito.

Receberam a menção honrosa pela contribuição à Inovação no Oeste do Paraná, do prefeito Leonaldo Paranhos, os seguintes convidados: Sr. Alcione Tadeu Gomes, presidente da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec); Sr. Osvaldo Cesar Brotto, gestor de projetos de Startups do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Sr. Sidnei Carlos Terribele, da Associação Comercial e Industrial de Cascavel – ACIC (Iguaçu Valley); Sr. Tadeu Felismino, diretor de Inovação e Transparência de Tecnologia do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar); e Sr. Felisberto Mioto, delegado-adjunto da Receita Federal.

Para receber a certificação de Propriedade Intelectual de patentes, os seguintes autores estavam presentes representando o restante da equipe : Gabriel Medina Marques e João Victor Canabarro – patente com o título “Método para contagem automática de ovos recolhidos em armadilhas do tipo ovitrampas”; Camilo Freddy Mendoza Morejon – patente internacional com o título “Equipamento Modular para a recuperação de Cristais de Cloreto de Sódio e Cloreto de Potássio, Compostos de lítio de outros na fase de concentração de Salmouras de Salares”; Camilo Freddy Mendoza Morejon – patente “Biocutativo constituído de biofilme de sericina contendo sulfadiazina de prata para o tratamento de queimaduras e uso”.

Autora Soraya Moreno Palácio e Ricardo Sonsim de Oliveira – patente “Briquetes de lodo de esgoto sanitário estabilizado e aditivado”; Carlos Henrique Faria dos Santosv patente “Simulador Robótico de Perturbações e Controle aplicado ao seguimento de trajetória de veículos fluentes e embarcações”; Luciana Oliveira de Fariña – patente “Gel Cosmético antioxidante obtido do extrato de células liofilizado e da célula intecta do Lactobacillus Aciidophilus NCFM”; Camilo Freddy Mendoza Morejon – patente “Equipamentos Modular Eletrolítico para Tratamento de Efluentes Líquidos”; Camilo Freddy Mendoza Morejon – patente “Processo para a produção de biofilme de sericina para bandagens”.

Certificação dos Softwares

Autores Willyan Ronaldo Becker, Alex Paluno e Paloma Pamela Siqueira – software com o título “Software de modelagem de produtividade de grãos agrícola”; Felix Augusto Pazuch e Carlo Eduardo Camargo Nogueira – “FOTODIM – Dimensionamento de Sistemas Fotovoltaicos” e “DIMEE – Sistemas Computacional para Dimensionamento Eótico”.

 

Idiomas / Language

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Busca